O CADERNO DE Rafael Llamazares - L'Antic colonial

O CADERNO DE Rafael Llamazares

14 Novembro, 2013 | Sem categoria
O CADERNO DE Rafael Llamazares

Rafael Llamazares de la Fuente – A-cero Joaquín Torres arquitectura – Madrid, A-Coruña e Valencia (Spain) e Dubai (EAU)

Principais projetos: Edifício de investigação na Universidad de A Coruña, Urbanización Las Marías – Torrelodones, Urbanización Los Lagos, La Finca – Pozuelo de Aralcón, Mater Plan Nébula – Dubai; waterfront.

 

1 – Quem é Rafael Llamazares?

Uma pessoa/arquiteto que ama o seu trabalho.

2 – Quando descobriu que queria ser arquiteto?

Soube-o desde sempre. Quando era pequeno, interessava-me por tudo o que fosse arte. E a arquitetura, em particular, foi-me interessando cada vez mais.

3 – Uma referência na arquitetura…

Le Corbusier, Wright dos clássicos, Zaha Hadid dos atuais. Mas sobretudo Joaquín Torres: é um arquiteto magnífico.

4 – Se não fosse arquiteto, ter-se-ia dedicado a…

Qualquer profissão relacionada com o mundo da arte.

5 – Um defeito e uma virtude:

Às vezes sou demasiado negativo. Desfrutar do meu trabalho.

6 – Como é a sua casa?

Um apartamento antigo em Madrid de los Austrias.

7 – O domingo é o dia para:

Ir ver uma exposição, passear, estar com os amigos, descansar…

8 – Um local onde procure inspiração:

Qualquer exposição ou feira de arte. Embora ache que não se deva procurar inspiração.

9 – Qual foi o último livro que leu?

Estou em dia relativamente a tudo o que se relaciona com publicações especializadas de arquitetura e design.

10 – Dentro de 15 anos…

Continuar a trabalhar naquilo que me apaixona.

11 – Quando pensa em arquitetura, o que lhe vem à cabeça…?

Formas, cores, arte, design, criatividade, cidade…

12 – Lápis ou computador?

Marcador.

13 – Como definiria o seu trabalho?

Criativo e funcional.

14 – Um projeto que gostaria de fazer:

Gosto de realizar todos os tipos de projetos. Qualquer projeto é um desafio.

15 – A sua opinião da arquitetura espanhola:

Há muito boas obras e bons arquitetos. Contudo, os espanhóis em geral vendem-se mal, e os arquitetos mais ainda…ao final do dia, somos todos profissionais…

16 – Como manter um estilo próprio, satisfazendo as necessidades dos seus clientes?

Suponho que tenhamos um estilo reconhecível, ou pelo menos temos o nosso estilo. Adaptamo-nos simplesmente às necessidades do cliente.

17 – Em arquitetura, o que é que faz melhor e o que lhe custa mais?

Gosto de desenhar. A parte da obra resulta menos atrativa, embora seja necessário “lutar” com isso muitas vezes.

18 – A sua receita para o êxito:

Trabalhar naquilo que nos apaixona e em que acreditamos.

19 – Que papel desempenham os produtos naturais nos seus projetos?

Desempenham um papel fundamental. Costumamos usá-los com a máxima frequência possível. São sempre materiais que recomendamos ao cliente.

20 – O seu produto-estrela da L’Antic Colonial é…

O lavatório Spirit.

Would you like us
to inspire your space?

Contact us




I've read and accept the Terms and Conditions

Porcelanosa Group limited
Productos naturales

WE USE COOKIES TO IMPROVE OUR SITE AND YOUR USER EXPERIENCE. BY CONTINUING TO BROWSE OUR SITE YOU ACCEPT OUR COOKIE POLICY.